Menu

√Ālcool, um vil√£o l√≠cito

O etanol, √°lcool et√≠lico ou simplesmente √°lcool √© uma subst√Ęncia considerada psicoativa (ver Subst√Ęncias Psicoativas), ou seja, que produz altera√ß√Ķes nas fun√ß√Ķes cerebrais. Pertence √† classe das drogas depressoras do sistema nervoso, isto √©, subst√Ęncias que ‚Äúlentificam‚ÄĚ e reduzem a atividade cerebral. Apesar de l√≠cito, causa preju√≠zos significativos tanto para pessoas dependentes (etilistas/alcoolistas/alco√≥latras) quanto para n√£o dependentes que ingiram grandes quantidades.

 

Bebidas fermentadas   X   Bebidas destiladas

As bebidas alco√≥licas fermentadas s√£o produzidas e ingeridas pela humanidade desde os povos antigos. A fermenta√ß√£o alco√≥lica nada mais √© do que a produ√ß√£o de √°lcool a partir de a√ß√ļcares pela a√ß√£o de microorganismos (fungos). √Č um processo natural e o resultado √© uma bebida com relativamente pouco √°lcool em sua composi√ß√£o. S√£o bebidas fermentadas: cerveja (3-7% de √°lcool), vinho (12-15% de √°lcool).

Já a destilação é um processo por meio do qual se consegue produzir bebidas com teor alcoólico mais elevado. São bebidas destiladas: uísque, tequila, cachaça, vodca, conhaque, todas com 40 a 60% de álcool em sua composição.

 

Efeitos do √°lcool no organismo

Para saber os efeitos da ingest√£o cr√īnica e depend√™ncia de √°lcool (etilismo ou alcoolismo), leia o texto: Por que a venda de bebidas alco√≥licas √© proibida para menores de 18 anos?. Para saber sobre os efeitos da ingest√£o aguda do √°lcool no organismo, continue a seguir:¬†

 

Intoxicação aguda pelo álcool

Intoxicação aguda é o nome que se dá quando o indivíduo ingere grandes quantidades de bebida alcoólica em um curto espaço de tempo, em outras palavras, é o ato de embriagar-se. A intoxicação aguda, portanto, não é exclusiva dos alcoólatras, mas sim ocorre com todas as pessoas que bebem em demasia durante uma festa ou um churrasco, por exemplo.

Nos primeiros minutos ap√≥s a ingest√£o alco√≥lica, os efeitos s√£o considerados bons: sensa√ß√£o de prazer, euforia (humor elevado), desinibi√ß√£o, relaxamento. Por√©m, com o passar do tempo, surgem os sinais de depress√£o do sistema nervoso, o indiv√≠duo fica com a fala arrastada, racioc√≠nio lentificado, falta de coordena√ß√£o motora, vis√£o dupla, tontura, n√°useas, v√īmitos, comportamento inadequado, confus√£o e desorienta√ß√£o mentais, decl√≠nio do ju√≠zo cr√≠tico, podendo chegar a perda da consci√™ncia, coma e morte.

Ainda no c√©rebro, o √°lcool inibe a libera√ß√£o de um horm√īnio chamado ADH. Isso faz que o indiv√≠duo urine em grandes quantidades e fique desidratado. J√° reparou que quando voc√™ ‚Äúexagera na bebida‚ÄĚ voc√™ vai ao banheiro v√°rias vezes? Pois √©…mais uma vez, √© o √°lcool agindo no seu sistema nervoso.

Al√©m de todos os efeitos j√° citados, o √°lcool ‚Äúatrapalha‚ÄĚ o metabolismo do a√ß√ļcar no f√≠gado, o que pode levar a hipoglicemia (pouco a√ß√ļcar no sangue), coma e morte.

Relembrando: os efeitos supracitados não são exclusivos de indivíduos ditos alcoólatras, mas sim ocorrem com todos que ingiram álcool em quantidades maiores do que o organismo consegue metabolizar.

 

Por que algumas pessoas ficam alcoolizadas mais rapidamente do que outras?

A intensidade dos sintomas da intoxicação alcoólica aguda depende de vários fatores, por exemplo, quanto maior a quantidade de álcool ingerida, maiores os efeitos no organismo. Lembre-se de que as bebidas destiladas têm mais álcool do que as fermentadas, logo, a ingestão de um copo de tequila ou uísque não equivale à ingestão de um copo de cerveja, já que a segunda tem bem menos álcool do que as primeiras.

Além disso, quanto maior a velocidade de ingestão da bebida, maiores os efeitos. Aqui é importante dizer que o álcool é rapidamente absorvido quando o trato gastrointestinal encontra-se vazio, ou seja, quando a pessoa está em jejum. A presença de alimentos no intestino retarda a absorção alcoólica e os seus efeitos, consequentemente.

Existem tamb√©m fatores pessoais que fazem os indiv√≠duos ‚Äúreagirem‚ÄĚ diferentemente ao √°lcool, tais como: g√™nero, altura, peso, presen√ßa de doen√ßas, diferen√ßas no metabolismo, altera√ß√Ķes gen√©ticas. Os asi√°ticos (ou os descendentes, aqui no Brasil), por exemplo, podem herdar uma altera√ß√£o gen√©tica que os fazem mais suscet√≠veis a apresentar sintomas inc√īmodos da liba√ß√£o alco√≥lica (rubor facial, dor de cabe√ßa, n√°useas).

 

Outras consequências da intoxicação alcoólica aguda

O indiv√≠duo embriagado coloca a si mesmo e a terceiros em in√ļmeras situa√ß√Ķes de risco. S√£o v√°rios os exemplos:

Envolvimento em brigas e outras formas de viol√™ncia e poss√≠veis les√Ķes decorrentes (contus√Ķes, fraturas, ferimentos por arma branca e de fogo);

Envolvimento em acidentes de tr√Ęnsito, com suas potenciais consequ√™ncias, inclusive a terceiros;

Comportamento sexual de risco (sexo sem preservativo, sexo com m√ļltiplos parceiros);

Quedas de alturas elevadas ou da pr√≥pria altura e poss√≠veis les√Ķes decorrentes (traumatismos, tetra ou paraplegia);

Manipula√ß√£o inadequada de equipamentos potencialmente perigosos (maquin√°rio industrial, maquin√°rio agr√≠cola, equipamentos de jardinagem ou mesmo ferramentas de uso comum em resid√™ncias, como martelos, furadeiras e tesouras) e poss√≠veis les√Ķes decorrentes.

 

O que é a ressaca?

S√£o sintomas que surgem horas ap√≥s uma liba√ß√£o alco√≥lica, assim que o organismo termina de metabolizar todo o √°lcool ingerido; pode durar 24 horas ou mais. Caracteriza-se por dor de cabe√ßa, irritabilidade, ansiedade, cansa√ßo, tontura, dor no corpo, boca seca, sede, n√°useas e v√īmitos. A intensidade e a dura√ß√£o dos sintomas variam de pessoa a pessoa, contudo, via de regra, quanto mais √°lcool ingerido, pior a ressaca.

A ressaca nada mais é do que o organismo tentando se recuperar dos efeitos negativos provocados pelo excesso de álcool.

 

Uma bebida barata pode custar caro

De acordo com a Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS), o Brasil perdeu 7,3% do Produto Interno Bruto (PIB) de 2014 em decorr√™ncia de problemas relacionados ao √°lcool, o que equivaleu, √† √©poca, a R$ 372 bilh√Ķes.

Voc√™ j√° parou para pensar no quanto que o consumo excessivo de √°lcool gera gastos √† sa√ļde p√ļblica e ao bolso do indiv√≠duo? J√° pensou nos acidentes de tr√Ęnsito, por exemplo? Quando estes ocorrem, h√° custo com o deslocamento dos policiais, do servi√ßo de atendimento m√≥vel de urg√™ncia (SAMU), dos bombeiros; h√° custo na interna√ß√£o dos acidentados, nas poss√≠veis cirurgias realizadas, nos leitos hospitalares (muitas vezes de UTI) ocupados, nas medica√ß√Ķes dispensadas, no tratamento de reabilita√ß√£o das les√Ķes (fisioterapia, por exemplo)… algu√©m poderia questionar que estes gastos ocorrem em qualquer acidente de tr√Ęnsito, a diferen√ßa est√° no fato de que os acidentes que envolvem embriaguez s√£o 100% preven√≠veis.

Al√©m disso, o consumo cr√īnico de √°lcool resulta em v√°rias doen√ßas (melhores discutidas em Por que a venda de bebidas alco√≥licas √© proibida para menores de 18 anos?, Pancreatite Aguda, Pancreatite Cr√īnica, J√° ouviu falar em cirrose hep√°tica?), cada uma com sua fatia de custo ao Sistema √önico de Sa√ļde (SUS).

 

Conclus√£o

O √°lcool, apesar de permitido por lei, n√£o √© uma subst√Ęncia in√≥cua. Seu consumo exagerado, de forma aguda ou cr√īnica, causa preju√≠zos not√°veis ao indiv√≠duo e √† sociedade como um todo. Se for beber, tenha modera√ß√£o, n√£o dirija, n√£o se coloque em situa√ß√Ķes de risco, tampouco cause preju√≠zo a terceiros. A ‚Äúpalavra m√°gica‚ÄĚ aqui √© parcim√īnia.

 

Autoria: Tayn√°

Junho/2020

Fontes:

National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism (NIAAA – https://www.niaaa.nih.gov/)

Centro de Informa√ß√Ķes sobre Sa√ļde e √Ālcool (CISA – https://cisa.org.br/)

Livro Medicina Interna de Harrison

Livro Clínica Médica da Universidade de São Paulo, 2a edição

Livro √Ālcool e suas consequ√™ncias: uma abordagem multiconceitual

Artigo da Universidade Federal de São Paulo, disponível em: <https://www.unifesp.br/reitoria/dci/publicacoes/entreteses/item/2196-problemas-causados-pelo-consumo-custam-7-3-do-pib>

Imagens disponíveis em:

<https://doctoradriancormillot.com/el-alcohol-puede-danar-irreparable-en-el-cerebro>

<https://wdrfree.com/stock-vector/download/alcoholism-destroys-the-brain-drunk-fight-bottle-of-vodka-184786536>

<https://cutewallpaper.org/21/hangover-images/view-page-21.html>

<http://oimparcialriopomba.com.br/imprimir.php?pg=noticia&id=3474&imprimir=S>

 

Universidade Federal do Paraná
UFPR – Jandaia do Sul

Rua Jo√£o Maximiano, 426
86900-000 | Jandaia do Sul | PR
direcaoja@ufpr.br
(41)98535-0118

Universidade Federal do Paraná
UFPR – Jandaia do Sul

Rua Jo√£o Maximiano, 426
86900-000 | Jandaia do Sul | PR
direcaoja@ufpr.br
(41)98535-0118


UFPR nas Redes Sociais



Campus Jandaia do Sul nas Redes Sociais


UFPR nas Redes Sociais



Campus Jandaia do Sul nas Redes Sociais